Textos

POEMAS NA NOITE...
Da taça, o vinho, levada aos lábios
Em calmos goles, sorvido lento
A noite trouxe, estrelas pálidas
Do tempo, o véu, roubava o brilho

No vidro frio, teu batom marcava
A marca rubra que antes deixavas
No macio papel, que então mandavas
Ao teu amor, nas noites calmas

O disco para e a chama apaga
Da vela acesa, a se acabar
Avança a noite e a madrugada
Termina o sonho, vais acordar...

 
Claudio Spiazzi
Enviado por Claudio Spiazzi em 14/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários