Textos

AS REDES SOCIAIS
Claudio

Antigamente, nosso rol de relacionamentos não ia além de nossas famílias e alguns poucos amigos que estivessem por perto. 
Hoje, com elas, o planeta é a nossa casa. 
Contatamos familiares e amigos que há muito não vemos ou falamos. 
Conhecemos inúmeras outras pessoas que jamais sonharíamos que existissem. E nossa vida social enriqueceu.
Tomamos contato com as artes e podemos desfrutar de toda a sua beleza. 
Aprendemos coisas que jamais iriamos imaginar ou teríamos a oportunidade de adicionar a nossa cultura.
O mundo caminha rápido para as coisa mentais e espirituais. O físico, embora muito prazeiroso, está cedendo lugar para as coisas da alma, do coração. 
Emoções estão sendo cultivadas e apreciadas mesmo sem contato físico. E, às vezes, nos parecem bem mais autênticas e boas.
Algumas pessoas, não sei por que razão, criticam e condenam o facebook, que é a maior de todas, talvez, por não saberem usá-la ou por fazerem um mau uso dela (temê-la, quem sabe…).
Acredito que pessoas não transparentes na vida real e que apenas tem levado uma vida de ator, representando um papel, como se estivessem num palco, temem as redes. 
Temem serem vistas como realmente são. A menor das mentiras postada é logo percebida. 
Sentimentos são escancarados, mas por que esconde-los?…
Uma das coisa que muito me fascina é a descoberta de certas características, boas ou ruins, em pessoas com as quais, convivemos por anos e que nunca havíamos percebido. Laços, então se fortalecem ou se rompem para sempre.
Podem crer, uma fotografia postada, um texto escrito, um quadrinho com dizeres, enfim, tudo o que colocamos aqui, mostra, para quem tem olhos para ver e a sensibilidade necessária, o que somos, como somos e até mesmo aquilo que escondemos de todos, inclusive de nós mesmos.
Por incrível que pareça, mesmo o que não falamos, mostramos ou ocultamos, aparece tão claro como a luz do sol nas manhãs de verão…
Um bom dia.
Claudio Spiazzi
Enviado por Claudio Spiazzi em 10/09/2017
Alterado em 10/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários